Fiquem à vontade

SEJA UM SEGUIDOR DESTE BLOG PARA QUE POSSAMOS COMPARTILHAR E DESENVOLVER NOVAS IDEIAS, FIQUE À VONTADE NESTE AMBIENTE, OBRIGADO PELA SUA VISITA!

quarta-feira, 12 de abril de 2017

Poesia: Coração trincado


Nem o Branco criativo de uma folha encardida foi capaz de impedir o tempo de agir, um coração lançado ferozmente num buraco de esquecimento, soluços e lágrimas, um pensamento voando alto, ultrapassando as nuvens do racional, humedecendo grandes lindos olhos de esperança, a mesma que traslada o coração à condição de inquilino da garganta, num turbilhão de sentidos que tira a linha da estabilidade e formiga o corpo em brasa fria e acinzentada.
Contudo, num olhar despreocupado e protegido de um anjo, eclode tal explosão atômica, ganas inconscientes de simples e unicamente viver, lutar, crescer, voltar a sentir, arriscar e até mesmo gritar, abrindo caminhos entre fantasmas de mentes rasas e inóspitas.
Por fim, tira a tua arrogância da minha frente, tira o teu egoísmo da minha mente, arreda o teu coração que nada sente, pois quero passar com a minha vida, meu sangue, minha força e meu espírito, nesse declive eu não paro mais e nem olho para trás

(Tharley S. da Silva)

Nenhum comentário: